Skip to content


ALEAM destaca as principais reivindicações do movimento Pardo-Mestiço em Sessão Especial

601936_376239135811401_832601686_n

O Dia do Caboclo, comemorado em 24 de junho, e o Dia do Mestiço, comemorado em 27 de junho, foram celebrados nesta sexta-feira (7) em uma Sessão Especial realizada pela Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), por iniciativa da deputada estadual, Conceição Sampaio (PP). Participaram do evento representantes das Secretarias Estaduais de Cultura, Educação e Segurança, Polícia Militar e do movimento Nação Mestiça. A Lei que transformou o Dia do Caboclo oficial no Estado é de 2007 e do mestiço, de 2006.

Conceição Sampaio lembrou que o Brasil é um País de misturas e que a ALEAM tem procurado cada vez mais ser a casa do povo. “Nosso povo precisa ser valorizado e nós reconhecemos o mestiço, o caboclo, formando o nosso povo brasileiro. Nós precisamos nos conhecer e essa demonstração que estamos dando hoje, nessa Sessão Especial, é justamente que possamos ver no outro a sua importância”, declarou.

A presidente do movimento Pardo-Mestiço Brasileiro, Helda Castro, diz que as principais reivindicações dos mestiços do Estado são a criação de políticas públicas voltadas à educação e saúde, principalmente para as cidades do interior, e também fundiárias.

“A situação do mestiço no interior se encontra precária, devido a FUNAI estar querendo criar reservas onde os mestiços habitam. Nós não queremos nada dos indígenas porque queremos só o que pertence aos mestiços. Os mestiços também querem políticas públicas voltadas à saúde, educação que ainda é precária, principalmente no interior do estado, onde a gente vê a ausência do Estado e isso a gente reivindica diariamente porque a Lei aprovada em 2006 diz que o mestiço é reconhecido como etnia, logo precisa de todas as políticas públicas”, concluiu.

Fonte: Diretoria de Comunicação

De Jus Brasil, 07/06/2013.

Posted in Português.

Tagged with .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam