Skip to content


Governo facilita visto de trabalho para estrangeiros

Autorização será mais ágil e com a apresentação de menos documentos

SÃO PAULO – O governo reduziu a burocracia para a autorização de trabalho de estrangeiros no Brasil. Agora, empresas e trabalhadores terão de apresentar menos documentos e o visto de trabalho será concedido de maneira mais ágil.

Outra mudança é o estímulo para que estudantes de mestrado e doutorado trabalhem no País durante o período de férias, com prazo limitado a 90 dias.

O trabalhador estrangeiro poderá receber autorização para atuar no País mesmo antes de apresentar os documentos e diplomas traduzidos, uma exigência do governo. O prazo para a entrega desses papeis é de 60 dias. Antes, a concessão do visto ficava paralisada até a apresentação.

A simplificação também permitirá que os trabalhadores estrangeiros enviem documentos via internet. As digitalizações serão armazenadas na Coordenação Geral de Imigração (CGIg). Se o trabalhador vier trabalhar no Brasil por meio do vínculo entre empresas – como grupos ou conglomerados – também são dispensadas uma série de documentos de comprovação do vínculo.

A partir de agora, o trabalhador ainda poderá obter a autorização de trabalho no país ainda que sua remuneração seja inferior à que recebia no país de origem. De acordo com a resolução que disciplinava a autorização de trabalho a estrangeiros até então, isso não era permitido.

No caso dos estudantes de mestrado e doutorado, a resolução publicada hoje estabelece que, não necessariamente, o trabalho autorizado tem de ser vinculado a estágio ou intercâmbio. Para a concessão do visto temporário a essas pessoas – que não é um visto de trabalho -, deverá haver, ainda assim, autorização do Ministério do Trabalho, solicitada pelo empregador por meio da apresentação de documentos.

Empresas. Em relação à documentação das empresas, haverá isenção da apresentação, ao Ministério do Trabalho, de termo de responsabilidade por meio do qual assumem quaisquer despesas médicas e hospitalares do estrangeiro contratado. No total, a quantidade de documentos foi reduzida de dez para seis. (Com informações da Agência Brasil)

De O Estado de São Paulo, 17/05/2013.

Os vídeos e os textos postados assinados por seus autores e os noticiosos e de outros sites lincados são de inteira responsabilidade dos mesmos não representando no todo ou em parte posicionamentos do Nação Mestiça. É autorizada a reprodução e publicação de textos deste site desde que citada a fonte. Mestiçofobia é racismo / Mestizofobia es racismo. Divulgue este site.

Posted in Português.

Tagged with , , .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam