Skip to content


Limpeza étnica no MT: Governo petista dá ultimato ao povo de Posto da Mata

O Oficial de Justiça acompanhado de Policiais está visitando as casas dos moradores do Distrito Estrela do Araguaia, comunicando pela última vez que o prazo final para deixarem as casas se encerra no dia 04 de janeiro de 2013. De acordo com informações da própria Polícia quem não obedecer a Ordem Judicial vai perder os bens, além de responder criminalmente por desobediência. Moradores afirmam que quem não sair está correndo o risco inclusive de ir preso, podendo pegar 2 anos de cadeia em regime fechado.
Nesta segunda-feira último dia do ano de 2012, o que se vê no Posto da Mata é uma cidade sendo destruida pelas mãos das próprias pessoas que a construiram. Diversos caminhões saem do Posto da Mata com os mais variados destinos, sendo Alto Boa Vista, Confresa, Barra do Garças e Bom Jesus do Araguaia nesta última cidade os moradores afirmam que o prefeito doou alguns lotes para os moradores retirantes da Suiá Missu. Porém se por um lado muitos moradores estão retirando o que podem, outros afirmam que não vão deixar o local, como é o caso da vereadora Irmã Irene. “Eu não vou sair, não tenho para onde ir, a FUNAI, o Governo não me oferecem nenhum lugar digno, eu tenho meus direitos e eles precisam ser respeitados, eu naõ vou jogar 21 anos de trabalho fora desse jeito arbitrario como a Justiça esta fazendo”, disse a Irma Irene que tem um hotel no Posto da Mata. A Polícia também deu ordem de que o estabelecimento comercial dela deixe de funcionar ainda hoje(31)
A desintrusão do Posto da Mata começou neste domingo, sob forte ação da Polícia que chegou por volta das 06:00 hs da manhã no Distrito, gás lacriogênio foi usado para dispersar a população, o Posto de Combustivel que antes abrigava os manifestantes que são contra a desintrusão agora está servido de base para a Operação de desintrusão.
Policiais também disseram que a operação de desintrusão no Distrito foi adiantada depois que manifestantes atearam fogo em um caminhão da FUNASA que estava carregado com alimento que de acordo com a FUNAI seria levado para uma Aldeia Indigena. Os alimentos foram recupados pelos policias.
A baixo a matéria em vídeo sobre a operação de desintrusão que começou neste domingo no Posto da Mata.
Fonte: Agência da Notícia

O Oficial de Justiça acompanhado de Policiais está visitando as casas dos moradores do Distrito Estrela do Araguaia, comunicando pela última vez que o prazo final para deixarem as casas se encerra no dia 04 de janeiro de 2013. De acordo com informações da própria Polícia quem não obedecer a Ordem Judicial vai perder os bens, além de responder criminalmente por desobediência. Moradores afirmam que quem não sair está correndo o risco inclusive de ir preso, podendo pegar 2 anos de cadeia em regime fechado.

Nesta segunda-feira último dia do ano de 2012, o que se vê no Posto da Mata é uma cidade sendo destruida pelas mãos das próprias pessoas que a construiram. Diversos caminhões saem do Posto da Mata com os mais variados destinos, sendo Alto Boa Vista, Confresa, Barra do Garças e Bom Jesus do Araguaia nesta última cidade os moradores afirmam que o prefeito doou alguns lotes para os moradores retirantes da Suiá Missu. Porém se por um lado muitos moradores estão retirando o que podem, outros afirmam que não vão deixar o local, como é o caso da vereadora Irmã Irene. “Eu não vou sair, não tenho para onde ir, a FUNAI, o Governo não me oferecem nenhum lugar digno, eu tenho meus direitos e eles precisam ser respeitados, eu naõ vou jogar 21 anos de trabalho fora desse jeito arbitrario como a Justiça esta fazendo”, disse a Irma Irene que tem um hotel no Posto da Mata. A Polícia também deu ordem de que o estabelecimento comercial dela deixe de funcionar ainda hoje(31)

A desintrusão do Posto da Mata começou neste domingo, sob forte ação da Polícia que chegou por volta das 06:00 hs da manhã no Distrito, gás lacriogênio foi usado para dispersar a população, o Posto de Combustivel que antes abrigava os manifestantes que são contra a desintrusão agora está servido de base para a Operação de desintrusão.

Policiais também disseram que a operação de desintrusão no Distrito foi adiantada depois que manifestantes atearam fogo em um caminhão da FUNASA que estava carregado com alimento que de acordo com a FUNAI seria levado para uma Aldeia Indigena. Os alimentos foram recupados pelos policias.

A baixo a matéria em vídeo sobre a operação de desintrusão que começou neste domingo no Posto da Mata.

Fonte: Agência da Notícia

De O Repórter do Araguaia, 31/12/2012.
.
Os vídeos e os textos postados assinados por seus autores e os noticiosos e de outros sites lincados são de inteira responsabilidade dos mesmos não representando no todo ou em parte posicionamentos do Nação Mestiça. Mestiçofobia é racismo / Mestizofobia es racismo. Divulgue este site.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam