Skip to content


Apartheid de Natal: Dilma Rousseff mantém limpeza étnica de não indígenas no MT

5951O governo petista manterá durante o período das festas de fim de ano a limpeza étnica de mestiços e outros não-indígenas na que denomina “TI de Marãiwatsédé” .

O informativo Só Notícias afirmou que, conforme a Polícia Federal, um dos órgãos que participa da ação, quando as equipes estão em missão, os trabalhos são feitos de forma contínua até o encerramento. A regra é válida para os demais entes envolvidos: Polícia Rodoviária Federal, Exército e Força Nacional. O número de pessoas envolvidas na limpeza étnica (“desintrusão” no vocabulário do governo federal) nesta região do Estado do MT  não seria divulgado para manter a segurança dos funcionários públicos. Esta semana, o policiamento foi reforçado com a chegada de policiais federais e rodoviários federais de todo o Brasil.

Segundo a mesma fonte, levantamento da Fundação Nacional do Índio (Funai) registra que 455 pessoas não indígenas foram oficializadas sobre a obrigatoriedade de deixar a área destinada a uso exclusivo de xavantes. Mais da metade, 253 pessoas, estariam no Posto da Mata. As notificações foram realizadas entre 7 e 17 de novembro. Porém, muitos resistiram e não saíram. Do início da operação, em 10 dezembro, até o momento, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) teria cadastrado 194 famílias. Após análise do perfil para reassentamento em programas da reforma agrária, 80 famílias teriam sido consideradas aptas para serem “contempladas”. As avaliações dos cadastros e inscrições prosseguem. As famílias serão encaminhadas para o Projeto Casulo, no município de Alto Boa Vista, denominado “PAC Vida Nova”. O programa está em fase de desenvolvimento pelo Incra e pretende atingir 300 famílias da localidade de Posto da Mata.

Diversos protestos e manifestações de resistência contra a limpeza étnica têm ocorrido na região.

Com informações de Só Notícias, 22/12/2012.

Posted in Apartheid no Brasil, Mestiçofobia | Desmestiçagem, Português, Verwoerdismo | Indigenismo.

Tagged with , , .


2 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.

  1. eliana says

    território.

    O espólio é território.

  2. Antônio says

    Essa gente promove ódio e divisão. Pra que isso?



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam