Skip to content


Mestiços bloqueiam BR-319 no AM em defesa de seus direitos originários

‘Movimento Pardo e Mestiço Brasileiro’ reuniu mais de 50 pessoas.
Mais de 30 mil hectares podem deixar de pertencer aos produtores.
Uma manifestação realizada por produtores rurais na manhã desta sexta-feira (19) bloqueou parte da BR-319 por cerca de três horas. O local só foi liberado no início da tarde.
Manoel Marques, agricultor há 60 anos, afirmou que está com medo de perder as terras. “Me criei em cima da terra, trabalhando todo o tempo. Agora eles querem nos tomar. Para onde a gente vai?”, questionou.
Outros produtores rurais também temem perder o patrimônio. A manifestação do ‘Movimento Pardo e Mestiço Brasileiro’ reuniu mais de 50 pessoas. Com faixas e microfones, eles pediram a atenção das autoridades. Segundo os manifestantes, há a possibilidade de ocorrer a demarcação de terras para povos indígenas da região. Mais de 30 mil hectares podem deixar de pertencer aos produtores.
“Nós também somos descendentes dos indígenas, temos direito de ficar sob a terra, ela também é nossa. Iremos nas vias legais, inclusive nas cortes internacionais reivindicar, porque a ONU reconhece o direito do mestiço de ficar sob sua terra”, destacou a presidente do movimento Elda Castro.
A equipe do G1 entrou em contato com a Fundação Nacional do Índio (Funai), mas não obteve resposta sobre a situação das terras.

Manifestação de produtores rurais bloqueia parte da BR-319, no AM

‘Movimento Pardo e Mestiço Brasileiro’ reuniu mais de 50 pessoas.

Mais de 30 mil hectares podem deixar de pertencer aos produtores.

Uma manifestação realizada por produtores rurais na manhã desta sexta-feira (19) bloqueou parte da BR-319 por cerca de três horas. O local só foi liberado no início da tarde.

Manoel Marques, agricultor há 60 anos, afirmou que está com medo de perder as terras. “Me criei em cima da terra, trabalhando todo o tempo. Agora eles querem nos tomar. Para onde a gente vai?”, questionou.

Outros produtores rurais também temem perder o patrimônio. A manifestação do ‘Movimento Pardo e Mestiço Brasileiro’ reuniu mais de 50 pessoas. Com faixas e microfones, eles pediram a atenção das autoridades. Segundo os manifestantes, há a possibilidade de ocorrer a demarcação de terras para povos indígenas da região. Mais de 30 mil hectares podem deixar de pertencer aos produtores.

“Nós também somos descendentes dos indígenas, temos direito de ficar sob a terra, ela também é nossa. Iremos nas vias legais, inclusive nas cortes internacionais reivindicar, porque a ONU reconhece o direito do mestiço de ficar sob sua terra”, destacou a presidente do movimento Elda Castro.

A equipe do G1 entrou em contato com a Fundação Nacional do Índio (Funai), mas não obteve resposta sobre a situação das terras.

De G1, 19/10/2012.

Os vídeos e os textos postados assinados por seus autores e os noticiosos e de outros sites lincados são de inteira responsabilidade dos mesmos não representando no todo ou em parte posicionamentos do Nação Mestiça. Divulgue este site.

Posted in Português.

Tagged with .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam