Skip to content


Mestiços ameaçados pela expansão de “territórios indígenas” no Amazonas

121004b

Membros do Movimento Nação Mestiça estiveram hoje (4) na Procuradoria Geral do Estado e na Defensoria Pública do Estado do Amazonas, em Manaus, onde protocolaram ofícios requerendo a intervenção dos órgãos estaduais no sentido de defender a etnia mestiça contra o processo de criação de terras exclusivas para indígenas por parte da Fundação Nacional do Índio (Funai) nos municípios de Careiro da Várzea, Autazes, Careiro e Manaquiri.

Acompanhando a presidente Helderli Castro estiveram mestiços de áreas atingidas e de outras sob o risco de sofrerem ação da Funai e processo de limpeza étnica . Houve encontro com o procurador geral do Estado do Amazonas, Clovis Smith Frota Junior, e com o defensor público geral do Estado do Amazonas, José Ricardo Vieira Trindade, aos quais foi relatado a ameaça de expulsão da população mestiça pela Funai, destacado o fato dos mestiços serem uma etnia nativa e, assim, com direitos originários sobre o território pretendido pela Funai, e requerida a atuação dos órgãos no sentido de garantir o respeito à legislação que ampara a etnia mestiça e veda políticas de apartheid e de limpeza étnica.

Posted in Apartheid no Brasil, Mestiçofobia | Desmestiçagem, Multiculturalismo, Português, Verwoerdismo | Indigenismo.

Tagged with , , , .


One Response

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.

  1. Plínio says

    Vamos em frente. Esses […] da Europa e dos EUA que bancam este apartheid no Brasil não vão acabar com os mestiços!



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam