Skip to content


Governo divulga traduções incorretas do Estatuto da Igualdade Racial e disfarça discriminação contra mestiços

seppir_estatuto

O site da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), órgão ligado diretamente à Presidência da República e que administra a política racial do governo brasileiro, publicou versões em espanhol e inglês do Estatuto da Igualdade Racial (lei 12.288, de 20/07/2010) com incorreções de tradução. Na tradução para o espanhol a expressão “população negra” foi convertida em “población afrobrasileña” (e não em ”población negra”) e na tradução para o inglês em “afro Brazilian population” (e não em “Negro population”). A expressão “pretas e pardas” do original em português foi traduzida para o espanhol como “negras y pardas” (e não como ”prietas y pardas”).

O governo do Partido dos Trabalhadores, que governa o Brasil há mais de oito anos, possui uma política oficial de imposição da identidade negra a mestiços (caboclos, cafuzos, mulatos, etc.) aos quais a expressão ‘pardo’ historicamente faz referência nos censos brasileiros. As traduções erradas propiciam que o leitor estrangeiro não observe esta “transformação” de mestiços em negros, ainda que não consiga ocultar a imposição da afrodescendência a caboclos (mestiços de indígenas e brancos) e outros pardos.

Abaixo, trechos do texto original e das versões divulgadas:

Português

Parágrafo único.  Para efeito deste Estatuto, considera-se:

(…);

IV – população negra: o conjunto de pessoas que se autodeclaram pretas e pardas, conforme o quesito cor ou raça usado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ou que adotam autodefinição análoga.

Espanhol

Párrafo único. Para efecto de este Estatuto, se considera:

(…);

IV – población afrobrasileña: el conjunto de personas que se auto declaran negras y pardas, conforme el requisito color o raza usado por el Instituto Brasileño de Geografía y Estadística (IBGE), o que adoptan autodefinición análoga.

Inglês

Sole paragraph. For purposes of the present Statute:

(…);

IV – afro Brazilian population: the number of people who declared themselves black and colored according to the color or race definition used by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE), or who adopt similar self-defi nition.

Políticas Públicas de Eliminação da Identidade Mestiça e Sistemas Classificatórios de Cor, Raça e Etnia

Posted in Português.

Tagged with , , , .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam