Skip to content


Mestiços defendem seus direitos em conferência de segurança alimentar e nutricional

Encerrou-se ontem (20) a IV Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Manaus (CMSAN) e a II Conferência Subregional. As conferências duraram 3 dias. Embora o regimento interno da CNSAN já tivesse sido publicado no Diário Oficial do Município, esta conferência ocorreu conjuntamente com a Subregional regida por um regimento instituído no segundo dia do evento e que não continha a referência a mestiços e caboclos como no texto publicado. Não houve referência também a mestiços em outros documentos preparatórios da conferência que faziam referência explícita a indígenas, negros, quilombolas e a outros segmentos. A vereadora Lúcia Antony (PCdoB) defendeu propostas que dificultavam que a representação mestiça passasse à conferência estadual, mas ao final da conferência propostas a favor da população mestiça foram aprovadas e a representação mestiça foi eleita para a estadual. Uma moção de apoio ao estudo da cultura cabocla e contra vereadores que se posicionam contra a mesma foi aprovada. Também foi aprovada moção contra o Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas pelo fato do mesmo ter reservado apenas sete vagas de delegados para as duas conferências a despeito dos municípios participantes das mesmas corresponderem a mais de 50% da população do Amazonas.

Posted in Família Mestiça, Português.

Tagged with , .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam