Skip to content


Mestiços excluídos da ficha de inscrição da Conferência de Segurança Alimentar de Manaus

As conferências de segurança alimentar e nutricional que estão ocorrendo no país prevêem cotas para segmentos étnicos e raciais (indígenas, quilombolas, negros, povos de terreiro, povos e comunidades tradicionais). A IV Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional de Manaus convocada pelo prefeito Amazonino Mendes, em 30 de maio, prevê também cotas para caboclos e outros mestiços. Porém, a ficha de inscrição desta conferência disponibiulizada no site da SEMASDH (visitada em 16/07/2011) incluiu espaços para a inscrição de indígenas, quilombolas, negros e outros, mas não para mestiços. No dia 14, o movimento Nação Mestiça manifestou-se junto à Comissão Organizadora municipal contra a exclusão, a qual seria um entrave à aplicação do regimento da conferência. Manifestou-se também a favor de que o regimento seja respeitado e adotado na íntegra durante a realização da conferência municipal.

Posted in Português.

Tagged with , .


3 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.

  1. Aldo says

    Inacreditável que no Brasil mestiço ocorra algo assim. Decadência!

  2. eron says

    Mestiço não existe, ou é branco ou é preto ou é amarelo ou é vermelho.

    Para que ficar fugindo da raça? Brasil olha a tua cara!

  3. Ary Txay says

    Amigos, se o regimento preve cotas para os mestiços/caboclos, resta recorrer ao MP ou ingressar com o mandado de segurança para a aplicação regulamentar.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam