Skip to content


Para entender o afroimperialismo

Imperialismos são sistemas e práticas de expansão política, cultural, econômica e territorial de um Estado, Nação, etnia ou raça visando submeter ou substituir outros de territórios vizinhos ou distantes. O afroimperialismo visa a substituir população nativa por “negros”, ou seja, população racialmente preta africana. Acima, trecho da entrevista da ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR), Luiza Bairros, no programa “Bom dia, Ministro”, no dia 09/02/2012, durante o governo de Dilma Rousseff (PT). No programa, a ministra respondeu perguntas do jornalista Patrick Motta, da Rádio Amazonas FM, de Manaus. No trecho, a ministra afirma que caboclos (mestiços de índios e brancos) e ribeirinhos só seriam beneficiados pelo sua secretaria se eles se declarassem “negros”. Transcrição completa da entrevista aqui. Abaixo, vídeo com o trecho da entrevista citado.

Posted in Mestiçofobia | Desmestiçagem, Petismo, Pretismo | Negrismo | Transnegrismo.

Tagged with .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam