Skip to content


Associação cabocla repudia PL da Defensoria Pública do AM que classifica pardos como negros: “significando considerar estes como ‘raça superior’ aos pardos”

NOTA DE REPÚDIO

AO PL RACISTA E GENOCIDA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO AMAZONAS QUE EXTINGUE OFICIALMENTE OS CABOCLOS E OS CLASSIFICA COMO NEGROS

A ASSOCIAÇÃO DOS CABOCLOS E RIBEIRINHOS DA AMAZÔNIA repudia veementemente o PL 343/2021 de autoria da DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO AMAZONAS que impõe aos caboclos e outros mestiços do Estado do Amazonas a classificação como negros, significando considerar estes como “raça superior” aos pardos.

O PL torpe, inconstitucional, racista, etnocida e contrário aos direitos humanos em vários aspectos foi à sanção do governador do Estado do Amazonas, WILSON LIMA, para o qual solicitamos VETO TOTAL, haja vista já estar em curso, desde antes da apresentação do PL racista da DPE/AM, o PL 251/2021, que por substitutivo não classifica pardos como negros, mas sim mestiços.

Também defendemos que a DPE/AM esclareça o porquê de em vez de cumprir as leis do Estado do AM que protegem os caboclos e outros mestiços criou resolução e apresentou este PL que marginaliza e prejudica em vários aspectos os caboclos do Amazonas.

Manaus (AM), 18 de julho de 2021.

A COORDENAÇÃO

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam