Skip to content


DPE/AM dá 5 minutos para Nação Mestiça defender que pardos não são negros e direitos dos mestiços

A 11ª Reunião Ordinária do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas – DPE/AM, realizada em 14/07/2021, foi marcada por negrismo e afirmações equivocadas de conselheiros sobre o movimento mestiço. Em Pauta, o requerimento do Movimento Pardo-Mestiço Brasileiro para que, conforme a Constituição do Estado do Amazonas, várias leis do Estado, a Declaração de Durban e outras legislações, pardos não sejam classificados como negros em resolução da DPE/AM sobre cotas raciais e também que pardos decidam quem é pardo ou não, de forma similar ao assegurando pelo DPE/AM aos índios, que decidem quem é ou não índio. A DPE/AM tem por função defender os direitos dos cidadãos.

Posted in Português, Pretismo | Negrismo | Transnegrismo, Vídeos.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam