Skip to content


Criança mestiça é abortada e relembra o objetivo racista do abortismo

 

 

 

 

 

 

 

O aborto provocado de uma criança mestiça filha de outra de 10 anos estuprada no Estado do Espírito Santo reacendeu o debate entre antiabortistas e abortistas. O principal suspeito é um tio afrodescendente.

O abortismo é um movimento criado por esquerdistas com o objetivo de eliminar populações não brancas e outros grupos considerados indesejáveis pelos eugenistas. Uma de suas principais ativistas foi a feminista e milionária Margaret Sanger, que declarava este objetivo. A primeira clínica de aborto fundada em 1916 pela ativista nos EUA foi instalada no Brooklin, um bairro à época com população majoritariamente mulata e preta.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam