Skip to content


Polícia de choque contra mestiços na conferência racial do Amazonas

Dia 09/05/09, durante a II Conferência Estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do AM, quando ia ser iniciada a discussão e aprovação de propostas, a polícia de choque fez uma fila separando o movimento negro do movimento mestiço.

Havia até um policial militar com uma tarja no braço onde estava escrito ‘canil’ (havia um carro do canil do lado de fora da reitoria da UEA, onde estava ocorrendo a conferência).

Havia “quilombolas” e outras pessoas dos movimentos negros, alguns deles conhecidos militantes do PT e do PCdoB, votando contra propostas que incluíam a palavra mestiço. Nas propostas que vieram da municipal de Manaus e que incluíam a palavra caboclo, votaram para a retirada da palavra.

No primeiro dia (07/05), o ministro-interino da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) da Presidência da República, Eloi Ferreira, fez comentários sobre o caboclo que levaram a protestos de muitos dos presentes; o ministro retirou-se do auditório. No dia seguinte, cancelaram as credenciais dos delegados, o que reduziu a representação mestiça e aumentou a negra.

Aprovaram também uma moção contra o movimento mestiço e o FORAFRO (que são contra cotas raciais e a favor de sociais) e pela revogação da lei do Dia do Mestiço, a estadual do AM e a de Manaus.

Algumas pessoas não suportaram os constrangimentos e discriminações contra mestiços e se retiraram do evento, mas o movimento mestiço permaneceu até o fim, trabalhando contra esta política de divisão racial do país.

Do site.

Police against Mestizos in racial conference

Vídeo

Posted in Português.

Tagged with , .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam