Skip to content


Mestiço no Censo 2020: Nação Mestiça se reune com diretoria do IBGE no AM

Da esquerda para a direita: Argemiro Neto, coordenador do Censo no AM; José Ilcleson, chefe do IBGE no Estado do AM; Tiago Almudi, coordenador técnico estadual do Censo do IBGE no AM; Laucivanio Ramires de Aparicio, coordenador geral da Associação dos Caboclos e Ribeirinhos da Amazônia (ACRA); Helderli Castro de Sá, presidente do Movimento Pardo-Mestiço Brasileiro; Leão Alves, coordenador do Fórum Nacional do Mestiço (FNM); artesãs Adriana e Alessandra, do Nação Mestiça.

Mestiço de volta ao Censo em 2020 foi a pauta da reunião do Movimento Pardo-Mestiço Brasileiro (Nação Mestiça) com a Diretoria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Estado do Amazonas.

O movimento mestiço defende a substituição de pardo por mestiço no quesito sobre cor ou raça como ocorreu no Censo de 1890.

Na reunião, ocorrida em Manaus, foi observado pela representação do movimento mestiço que muitos mestiços deixam de se identicar como pardos por pensarem que o termo se refira somente a mestiços de cor entre preto e branco e não a qualquer miscigenado. Substituir pardo por mestiço evita este equívoco, pois a própria palavra mestiço informa o que a palavra pardo significa e obtém a informação que esta objetiva coletar.

Também foi registrada a manipulação negrista que desrespeita a autodeclaração ao impor aos autodeclarados pardos a classificação como negro causando constrangimentos e até processos judiciais contra mestiços e desinformação estatística sobre estes.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam