Skip to content


Negro fora do censo dos EUA de 2020

Depois que foi aprovado por unanimidade com 380 votos no Congresso dos EUA, o então presidente Barack Obama sancionou em 2016 o projeto de lei que emendou dois atos federais dos anos 70 que definiam “minorias” com termos que agora são considerados vazios ou desatualizados naquele país, dentre eles Negro, substituído por African American.

Na mesma linha, o United States Census Bureau, o órgão que cuida dos censos oficiais,  informou sua proposta de modelo de formulario que remove a palavra Negro do censo de 2020 mantendo somente Black e African American.

Em 1930, na onda de uma série de leis contra miscigenação racial, Negro substituiu as categorias Mulatto e Black (preto), que constavam nos censos do país desde 1850.

Posted in Legislação.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam