Skip to content


Damares manda suspender contrato de R$ 44,9 milhões entre FUNAI e UFF

BRASÍLIA – A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, suspendeu um contrato de R$ 44,9 milhões entre a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e a Universidade Federal Fluminense (UFF), assinado três dias antes de encerrar o governo de Michel Temer. Teria chamado a atenção da ministra a vultosa quantia de dinheiro envolvida no contrato.

O contrato visava a elaborar um projeto de “apoio institucional ao desenvolvimento do projeto ‘Fortalecimento Institucional da Funai’” e não foi firmado por meio de um processo licitatório tradicional e de concorrência, mas sim por uma contratação direta entre os dois órgãos federais.

Sobre a escolha da UFF, o presidente da FUNAI, Wallace Bastos, disse que a fundação levou em conta “a expertise da UFF em projetos dessa natureza”.

Triangulações entre FUNAI e universidades federais para a promoção do racismo indigenista não são excepcionais.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam