Skip to content


Candidaturas de negros assemelham-se mais com as de brancos do que de pardos

Os dados percentuais de ‘cor’ e ‘raça’ de candidaturas de pretos na eleição assemelham-se mais aos de brancos do que aos de pardos, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Segundo a  Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua de 2016, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), “entre 2012 e 2016, a participação percentual dos brancos na população do país caiu de 46,6% para 44,2%, enquanto a participação dos pardos aumentou de 45,3% para 46,7% e a dos pretos de 7,4% para 8,2%.” 

Em 2016, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 8,64% dos candidatos se declararam como pretos, 0,44% acima do percentual de pretos na população, e 51,46% como brancos, 7,26% também acima do percentual de brancos do país. Porém, somente 39,12% dos candidatos declararam-se pardos, 7,58% abaixo do seu percentual na população.

Um dos argumentos demagógicos usados pelos negristas para impor aos pardos a classificação como negros afirma que os dados sociais de pretos e pardos seriam semelhantes.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam