Skip to content


23 de maio – Dia da Independência de Portugal

Dom Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal.

A 23 de Maio de 1179, o papa Alexandre III reconhece a soberania de D. Afonso Henriques, com a bula “Manifestis Probatus”.

Neste mesmo dia em 1179 o papa Alexandre III reconhece a soberania de D. Afonso Henriques, com a bula “Manifestis Probatus”. Esta bula, datada de Roma, 23 de Maio, é a Magna Carta de Portugal como Estado de direito, livre e independente.

O papa, atendendo às qualidades de prudência, justiça e idoneidade de governo, toma D. Afonso Henriques “sob a protecção de São Pedro e a nossa”, concede e confirma por autoridade apostólica ao seu domínio o Reino de Portugal com todas as honras inerentes à realeza, bem como as terras que arrancara das mãos dos sarracenos e nas quais não podiam reivindicar direitos os vizinhos príncipes cristãos. O privilégio estende-se a todos os seus descendentes, prometendo o papa defender esta concessão com todo o seu poder supremo.”

Posted in História.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam