Skip to content


África do Sul: Malema diz que brancos podem “ir para o inferno”

Julius Malema, líder do partido marxista sul-africano Combatentes da Liberdade Económica.

O líder do partido sul-africano Combatentes da Liberdade Económica, Julius Malema, atacou a população branca do país afirmando que os brancos “podem ir para o inferno” e que o seu partido “não se importa com os sentimentos dos brancos”.

Falando num comício em Joanesburgo, Malema criticou o principal partido da oposição a Aliança Democrática (AD) e disse que é intenção do seu partido afastar esse partido do comando de diversas cidades que actualmente controlam.

Para Malema a AD é um partido racista que promove os interesses dos brancos.

“Todos os brancos que votam pela AD… podem ir para o inferno, não estamos interessados nos sentimentos dos brancos”, afirmou Malema que disse, no entanto, que o seu partido “não odeia os brancos, mas ama os negros”.

O dirigente dos Combatentes da Liberdade Económica disse que o processo de redistribuição de terras para a população negra deve ser acelerado acrescentando que a África do Sul não deve ouvir as opiniões vindas do estrangeiro sobre a questão.

“Não vamos ouvir a Grã-Bretanha, não vamos ouvir o parlamento europeu, não vamos ouvir a ONU, vamos ouvir o povo da África do Sul” disse Malema.

De Voaportugues, exceto informação da foto.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam