Skip to content


Site de arrecadação bane acadêmica sueca por pesquisar relação entre estupro e imigração

Ann Heberlein.

A pesquisadora sueca Ann Heberlein foi deletada da plataforma norte-americana Kickstarter, quinta-feira, depois de tentar angariar dinheiro para um livro sobre o vínculo entre estupro e imigração, informou o jornal Dagens Nyheter.

No livro planejado por Heberlein, intitulado “Estupro e Cultura – Uma pesquisa sobre a violência por grupos na Suécia 2012-2017” (em tradução livre), a professora da Lunds Universitet busca “realizar uma análise estatística de todas as reclusões em com foco em violência segundo segmentos em 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017, tendo em conta a idade e o nascimento do perpetrador”.

O governo sueco já não possui estatísticas sobre as origens étnicas dos agressores, afirma Heberlein, e essa informação é desesperadamente necessária.

Embora o livro tenha sido planejado como uma análise estatística simples, o site de arrecadação de fundos Kickstarter proibiu o projeto por “conteúdo odioso ou ofensivo”, de acordo com o Dagens Nyheter.

“Como pesquisas anteriores mostram que os homens do Norte de África, Oriente Médio e Ásia Central estão representados em excesso em delitos sexuais, isso é extremamente relevante para investigar – não menos importante porque o aumento da violação coincide com uma grande imigração de homens dessas regiões”, escreveu Heberlein na página de projetos do Kickstarter.

O projeto angariou 160.000 SEK, aproximadamente R$ 60.000,00, antes que o Kickstarter o suspendesse.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam