Skip to content


Suécia lista o leite como um símbolo de ódio


Em um relatório sobre “ódio branco” encomendado pelo governo da Suécia ao Instituto de Pesquisa de Defesa Total (em sueco Totalförsvarets forskningsinstitut – FOI, um órgão público de informação de segurança) para mapear comentários escritos em sites na internet, o leite foi listado como um símbolo de ódio e um símbolo de “poder branco” juntamente com o símbolo de OK muito usado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O objetivo declarado do relatório é “fornecer uma visão de alguns ambientes digitais cujo denominador comum é serem todos xenófobos”.

Exprimir ameaças ou palavrões é considerado um exemplo de ódio, mas expressões de ansiedade ou medo também são consideradas odiosas, de acordo com o relatório.

Trecho do relatório.

 

Segundo críticos ao governo, o relatório seria o primeiro passo para mudar a constituição do país, pois o governo sueco pretenderia proibir certos sites que revelarem a etnia de criminosos condenados e silenciar a liberdade de expressão.

A suécia é uma monarquia parlamentarista. Atualmente o primeiro-ministro é Stefan Löfven, do Partido Social-Democrata, que é filiado à Internacional Socialista. Stefan Löfven é soldador de profissão.

Com informações de Speisa.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam