Skip to content


Macri assina decreto restringindo imigração na Argentina

O presidente da Argentina, Mauricio Macri.

Com expressões semelhantes as usadas pelo republicado Donald Trump, o presidente da Argentina, Mauricio Macri, anunciou nesta segunda-feira (30) um decreto que altera a Lei de Migração do país. “Nossa prioridade é cuidar dos argentinos”, disse Macri. O documento coloca restrições à entrada de estrangeiros no país.

O decreto é voltado principalmente a imigrantes com antecedentes penais ou que venham de países com forte atuação do narcotráfico, como Peru, Paraguai, Bolívia e México. “Não podemos permitir que o crime siga escolhendo a Argentina como um lugar para vir e delinquir” e “precisamos saber quem é quem entre os que cruzam nossa fronteira”, foram algumas das justificativas do presidente.

A partir da alteração da Lei de Migração do país, haverá maior investimento na infraestrutura das fronteiras, com policiamento e tecnologia reforçados – acesso a banco de dados com informações do imigrante. Além disso, os questionários devem ser mais exigentes e requerer mais documentação. Macri também reforçou que a deportação de imigrante ilegais deve ser mais ágil.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam