Skip to content


Eles não falam na defesa – Paulo Ricardo da Rocha Paiva

O vice-primeiro-ministro do Reino Unido, Nick Clegg, afirmou recentemente em visita que fazia à Espanha que o seu país não comprometerá a soberania das ilhas Falkland, as Malvinas dos argentinos; que os britânicos acham que os direitos, a soberania, as preferências dos ilhéus têm uma importância primordial; que desejam claramente que aquelas ilhas permaneçam como parte dos domínios de Sua Majestade. Vai sobrar para nós. Já os exercícios de tropas dos EUA, da Inglaterra e da Holanda, na Guiana e no Suriname, estes acontecem de quando em vez sem que os responsáveis assumam uma postura dissuasória de consequências definitivas. Os presidenciáveis só falam em educação, saúde e segurança. Não estão nem aí para a defesa, como se os três vetores pudessem ser deslanchados sem soberania plena, com a Amazônia “ocupada em prol do futuro da humanidade” e o pré-sal “ administrado pelos poderosos  para absoluta segurança da ecologia marinha”. Alerta! O chefe da Nação é, também, o comandante em chefe de nossas Forças Armadas. Atualmente estas instituições estão absolutamente incapazes de defender o País. Presidenciáveis, acordem! Quem nos ameaça não é a Bolívia, o Paraguai ou a Venezuela!

Forças ocultas, uma verdadeira “quinta coluna” internacionalizante, estão ganhando contornos verdadeiramente assustadores. São as reservas indígenas em franco processo de kozovonização, quilombolas assumindo a condição de senhores absolutos de zonas liberadas, os brasileiros de origem europeia impedidos de transitar livremente por esses cantões, agora exclusivos, terrenos férteis para o lançamento da cizânia do separatismo. Atenção! Um destacamento alienígena de “forças especiais” lançado em uma reserva com a dimensão da Raposa Serra do Sol vai ser um osso duro de roer. Sim, porque, de imediato, podem adestrar e dotar guerrilheiros com armamento convencional de última geração, só os fuzis de desempenho muito superior aos do Exército Brasileiro. O próximo presidente, se não se precaver, será o último de uma série de incompetentes e responsável final pela nossa desdita.

Coronel de Infantaria e Estado-Maior/RR

De Jornal do Comércio.

Os textos postados assinados por seus autores e os noticiosos e de outros sites lincados são de inteira responsabilidade dos mesmos não representando no todo ou em parte posicionamentos do Nação Mestiça.

Em manifesto na web, jovens paulistas criticam migração

PL dos territórios brancos não passará pelo Plenário da Câmara

Deputado quer criar territórios culturais brancos

ECR-3: a divisão dos brancos – Leão Alves

Índios querem Estado independente em Roraima, diz Abin

Posted in Português.

Tagged with , , .


2 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.

  1. Leão says

    Além dos “brasileiros de origem europeia impedidos de transitar livremente” pelo país, já há também um projeto do deputado Vanhoni (PT-PR) para criar “territórios brancos” de preservação racial.

    Há um artigo esclarecedor sobre isto em http://nacaomestica.org/blog4/?p=2018

  2. MANOEL SORIANO NETO says

    Excelente o artigo do CVel Paiva! Traa-se de um verdadeiro alerta contra a iminente internacionalização da Amazônia brasileira. As nações hegemônicas querem trqanformá-la em um imenso “almoxarifado do G-7”. A sua “kosovonização”, como assinala o arguto autor do referido artigo, está se fazendo sem que nõs nos demos conta. Basta ver o recente relatório da ABIN acerca da criação de um Estado independente em Roraima. A formação de “nações indígenas” é fato consabido e não “delírio de paranóicos” ou “teoria da conspiração. É, sim, um crime de lesa-pátria que devemos evitar de qualquer forma!
    Palmas, pois, muitas palmas, para o brado patriótico de perigo à vista que é dado no trabalho do brilhante oficial de Estado-Maior de nosso glorioso e invicto Exército Brasileiro!
    Manoel Soriano Neto Coronel, Historiador Militar.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam