Skip to content


Petista João Pedro é exonerado da presidência da FUNAI

João Pedro assumiu a presidência da Funai no dia 17 de junho de 2015, após uma disputa acirrada entre parlamentares – foto: divulgação

O ex-senador pelo Amazonas, João Pedro Gonçalves da Costa (PT) foi exonerado da presidência da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), cargo que ocupava há quase um ano. A exoneração foi publicada na edição desta sexta-feira (3), do Diário Oficial da União (DOU). O presidente interino Michel Temer (PMDB) ainda não divulgou o nome de quem ocupará o cargo.

João Pedro assumiu a presidência da FUNAI no dia 17 de junho de 2015, após uma disputa acirrada entre  parlamentares, mas o ex-senador conseguiu a vaga após articulações de petistas com a presidente afastada Dilma Rousseff (PT), alegando que o novo presidente da FUNAI deveria ser da região Norte, já que aqui concentra-se o maior percentual de indígenas no país.

Durante sua gestão, João Pedro posicionou-se contra as contestações feitas pelo Movimento Pardo-Mestiço Brasileiro (Nação Mestiça) e pela Associação dos Caboclos e Ribeirinhos da Amazônia (ACRA) que visavam impedir a ampliação de antustões para índios muras nos municípios de Autazes, Careiro da Várzea e Borba e conseqüente limpeza étnica contra o Povo Mestiço local.

Com informações de Em Tempo

Posted in Apartheid no Brasil, Levistraussismo, Verwoerdismo | Indigenismo.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam