Skip to content


João Pedro diz que deseja publicar novas “terras indígenas”

Funai-01

O presidente da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e ex-senador do PT-AM, João Pedro Gonçalves da Costa, afirmou, segundo o site da APIB, que, até o fim desta semana, assinaria e publicaria relatórios identificação de denominadas “Terras Indígenas” pendentes no órgão indigenista do Governo Federal brasileiro. “A minha vontade política é publicar todas as terras no âmbito dos Relatórios Declaratórios. O que tiver eu vou publicar. Vamos correr para fazer as nomeações, publicações e portarias para garantir o respeito aos direitos dos povos indígenas”, afirmou. As criações e ampliações de bantustões pelos poderosos brancos indigenistas são acompanhadas de limpezas étnicas contra o povo mestiço e caboclo. À beira do afastamento de Dilma Rousseff (PT), a criação de bantustões foi acelerada. 

Após não acatamento pela FUNAI das alegações contidas nas contestações do Movimento Pardo-Mestiço Brasileiro, da Associação dos Caboclos e Ribeirinhos da Amazônia (ACRA) e de outras três instituições, o Ministério da Justiça publicou dois despachos que iniciaram a fase de limpeza étnica física do Povo Mestiço das áreas destinadas à ampliação de bantustões indigenistas nos municípios de Autazes e Careiro da Várzea (AM).

O indigenismo é uma ideologia criada, implementada e financiada por brancos de esquerda e neoliberais que defende a segregação racial e étnica entre índios e mestiços.

 

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Comments Protected by WP-SpamShield Anti-Spam