Skip to content


Tribalismo Indígena – Plinio Corrêa de Oliveira

Este livro-denúncia vai lhe dar um importante esclarecimento. Há 30 anos atrás o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira denunciou uma corrente de missionários contrária à catequização dos índios e à sua integração na sociedade. O sistema tribal pagão é o ideal desses neo-missionários orientados pela Teologia da Libertação.
Hoje as previsões de Plinio Corrêa de Oliveira se confirmaram completamente.
Na segunda parte do livro, os jornalistas Nelson Ramos Barreto e Paulo Henrique Chaves contam o que viram na Raposa-Serra do Sol e o que pesquisaram em Mato Grosso e em Santa Catarina, transcrevem importantes entrevistas com várias personalidades e confirmam em tudo as teses do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira.

Este livro-denúncia vai lhe dar um importante esclarecimento. Há 30 anos atrás o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira denunciou uma corrente de missionários contrária à catequização dos índios e à sua integração na sociedade. O sistema tribal pagão é o ideal desses neo-missionários orientados pela Teologia da Libertação.

Hoje as previsões de Plinio Corrêa de Oliveira se confirmaram completamente.

Na segunda parte do livro, os jornalistas Nelson Ramos Barreto e Paulo Henrique Chaves contam o que viram na Raposa-Serra do Sol e o que pesquisaram em Mato Grosso e em Santa Catarina, transcrevem importantes entrevistas com várias personalidades e confirmam em tudo as teses do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira.

De Paz no Campo.

Posted in Apartheid no Brasil, Português, Verwoerdismo | Indigenismo.

Tagged with .