Skip to content


Mestiço apesar de tudo: uma resistência amazônica às políticas étnicas

PAL_092_L204Jean-François Véran, professor de antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), participou como palestrante convidado de diversas edições do Seminário Sobre a Identidade Mestiça. Ele é o autor do artigo “Métis malgré tout : une résistance Amazonienne aux politiques ethnique” (Mestiço apesar de tudo: uma resistência amazônica às políticas étnicas), acerca do Nação Mestiça. O artigo foi publicado na Problèmes d’Amérique latine, revista em língua francesa dedicada, segundo a mesma, ao tema das “evoluções políticas, econômicas e culturais contemporâneas da América Latina”. Traduzimos o abstract (resumo) do artigo:

“Nação Mestiça é um movimento político que nasceu nos subúrbios pobres de Manaus, capital do Estado do Amazonas, em resposta às chamadas políticas “etno-raciais” que se desenvolvem a nível nacional desde o princípio dos anos 2000. Com o objetivo de entender o ponto de vista lógico desde o qual seus ativistas questionam a democracia brasileira, o artigo mostra como inicialmente o Nação Mestiça defende a mestiçagem em perfeita contradição com a desconstrução ideológica mediante a qual o conceito se há visto gradualmente desprovido de legitimidade no plano político nacional. Em continuação, argumenta-se que esta posição deve ser entendida desde uma experiência pragmática, que se inscreve em uma concepção particular da relação entre a democracia e a mestiçagem. Finalmente, mostrar-se-á como o movimento move o debate sobre as políticas “afirmativas” re-territorializando-as no espeço concreto dos assuntos microlocais”.

O link para a publicação: Cairn.info.

Posted in Português.