Skip to content


Repórter fotográfico do EM TEMPO é feito refém por índios

O repórter fotográfico do EM TEMPO, Ricardo Oliveira, foi feito refém na tarde desta terça-feira (13), por indígenas que invadiram um terreno no quilômetro quatro da Estrada Manoel Urbano, próximo à pista de arrancadas, já no município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus).

A equipe do EM TEMPO foi hostilizada pelos indígenas enquanto tentava realizar matéria sobre a invasão. Vários índios armados com arco e lanças cercaram o carro da reportagem e fizeram o repórter fotográfico refém enquanto ele tentava tirar fotos do local.

A polícia de Iranduba foi acionada, mas quando chegaram, Ricardo já tinha sido libertado pelos indígenas em um posto de gasolina próximo, após dialogar com o cacique da tribo.

Os indígenas são acusados de causar danos ambientais na localidade, desmatando a área e demarcando os lotes, além de extração clandestina e venda de espécies proibidas por lei, como o Mogno, madeira nobre que corre o risco de extinção.XX No domingo (10), os mesmo indígenas já tinham hostilizado outra equipe de reportagem do jornal, que tentava realizar uma matéria no local.

De Em Tempo, 13/08/2013.

Os vídeos e os textos postados assinados por seus autores e os noticiosos e de outros sites lincados são de inteira responsabilidade dos mesmos não representando no todo ou em parte posicionamentos do Nação Mestiça. É autorizada a reprodução e publicação de textos deste site desde que citada a fonte. Mestiçofobia é racismo / Mestizofobia es racismo. Divulgue este site.

Posted in Português.