Skip to content


Cotas independentes para mestiços

Posted in Cotas independentes para mestiços.

Tagged with .


BA: adiado julgamento de candidatos pardos que pediram direito a cotas

Foto: Folha de S. Paulo.

Para aumentar a população “negra” todos os pardos são sistematicamente classificados como “negros”, mas quando pardos vão em busca das cotas raciais não só sofrem exclusão por não serem pretos, mas também ficam expostos a serem processados e injuriados, demonstrando a necessidade de uma lei de cotas independentes para mestiços e sem a interferência de movimentos negros. Continued…

Posted in Casos e relatos de exclusão de mestiços, Cotas independentes para mestiços.


Você é pardo e foi discriminado nas cotas raciais? Relate o seu caso

Pardo é uma palavra usada pelo IBGE para referir-se a qualquer mestiço, não importando a cor ou outra característica de aparência. O Partido dos Trabalhadores (PT) – uma legenda de brancos e negros contrária a mestiçagem -, com outras organizações e movimentos negristas, conseguiu, porém, aprovar uma lei que classifica todos os pardos como “negros” e tem sido autor de outras leis, projetos de lei e medidas para intimidar e excluir pardos que se candidatam às cotas raciais no ensino e nos empregos. Relate aqui o seu caso de discriminação. Não é necessário identificar-se.

Os relatos aqui postados poderão vir a ser republicados neste site como artigo; ao postar aqui você está autorizando esta republicação.

Este site se reserva o direito de não publicar e de excluir relatos e postagens que considere ilegais, impróprios, de origem e autoria duvidosas ou por outros motivos segundo sua análise e julgamento. Para reclamações e denúncias relativas a esta página entre em contato conosco.

Posted in Casos e relatos de exclusão de mestiços, Cotas independentes para mestiços.


Fale conosco – clique aqui

Telefone

(92)99215-7655/3641-6358

E-mail

nacaomestica@nacaomestica.org

Facebook

https://www.facebook.com/groups/1414490395456912/

Twitter

@nacaomestica

Skype

nacaomestica

 

Posted in Fale conosco, Português.


Cotas raciais independentes para mestiços

Posted in Português.

Tagged with .


Deputados do PT boicotam há 4 anos projeto que cria o “Dia do Mestiço” na BA

Os deputados estaduais do PT da Bahia, Bira Coroa, Paulo Rangel e Marcelino Galo, atrasaram o andamento do Projeto de Lei que visa a instituir o Dia do Mestiço no Estado. O PT é contra mestiçagem pois é a favor da divisão racial e étnica da Nação brasileira; por isto defende que mestiços sejam considerados negros.

Tramitando há 4 anos na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, o Projeto de Lei 20.253/2013, que visa a instituir o Dia do Mestiço no Estado, tem sido engavetado sistematicamente por deputados do PT. Partido de brancos e negros contrário à mestiçagem, o PT é autor de diversas leis que impõem que mestiços sejam classificados como negros. O Dia do Mestiço já é data oficial nos Estado do Amazonas, Mato Grosso, Paraíba e Roraima. Continued…

Posted in Mestiçofobia | Desmestiçagem, Multiculturalismo, Português, Pretismo | Negrismo, Racismo petista.


Preconceitos sobre preconceito – Leão Alves

Que as palavras são poderosas não é difícil provar, basta observar as transformações sociais que costumam seguir às mudanças na capacidade humana de se comunicar. Como tudo que é poderoso, as palavras são também perigosas pois podem servir como instrumentos de manipulação de idéias e de formação de opiniões. Uma breve vista sobre a palavra preconceito pode nos revelar como inserindo num termo conotações e significados mais ou menos aproximados, ou relacionados, pode-se transformá-lo num instrumento de propaganda. Isto aparece nos dicionários após a expressão ‘por extensão’. Continued…

Posted in Português.


Systema Naturae – Carolus Linnaeus

Systema Naturae (de nome completo: Systema naturae per regna tria naturae, secundum classes, ordines, genera, species, cum characteribus differentiis, synonymis, locis) foi um livro escrito por Lineu, no qual o autor faz a delineação das suas ideias para uma classificação hierárquica das espécies. Lineu concebeu o seu “Systema” dividindo a Natureza em três reinos: Animalia, Vegetalia e Mineralia.

Foi um livro publicado em latim. A primeira edição foi de 1735.

A primeira edição continha apenas 10 páginas. Na sua 13ª edição, em 1770, tinha já 3000 páginas.

A 10ª edição do Systema Naturae de Linnaeus, 1758 é o trabalho que iniciou a aplicação geral da nomenclatura binomial zoológica. Portanto, esta data é aceita como ponto de partida da nomeclatura zoológica e da lei da prioridade.

A obra também tem importância histórica por conter uma subdivisão da espécie humana, sem que o termo raça seja empregado, em Europaeus albus (brancos), Americanus rufus (índios), Asiaticus luridos (amarelos) e Afer niger (pretos).

Para baixar clique aqui.

Posted in Português.


Qual é o partido de brancos e negros que é contra mestiçagem?

Posted in Português.

Tagged with .


O Livro do Mestiço

O Livro do Mestiço – Mestiço Brasileiro, Nosso Povo, Nossa Etnia é destinado aos associados do Movimento Pardo-Mestiço Brasileiro (Nação Mestiça), mas contem informações importantes para toda a comunidade do Povo Mestiço Brasileiro.

O texto apresenta conceitos básicos sobre a identidade étnica do Povo Mestiço Brasileiro, sua situação legal, além de material útil para as atividades da associação e para a população Mestiça Brasileira em geral.

Inclusive por sua finalidade, é um texto em atualização constante. Para baixá-lo clique aqui.

Posted in O Livro do Mestiço, Português, Povo Mestiço.


Il Guarany, ópera de Carlos Gomes

Il Guarany (em português O Guarani) é uma ópera nacionalista do compositor brasileiro Carlos Gomes dedicada ao Imperador do Brasil D. Pedro II.

A ópera ocorre em quatro atos, em italiano, com libreto de Antonio Scalvini e Carlo d’Ormeville, baseada na obra de ficção O Guarani, de José de Alencar, que relata o romance entre o índio Peri e a branca Ceci.

Il Guarany estreou no Teatro Scala, de Milão, na Itália, em 19 de março de 1870, com grande sucesso. A abertura da ópera é o tema do programa de rádio governamental A Voz do Brasil. Continued…

Posted in Ficção, Letras e Arte, Literatura, Música, Português.


Estudantes esquerdistas querem proibir entrada de brancos em centro universitário nos Estados Unidos

Estudantes esquerdistas da Universidade de Michigan decidiram que as pessoas brancas precisam ser excluídas de certas áreas do campus. O grupo, denominado “Students4Justice”, está exigindo que os funcionários do campus lhes forneçam “um espaço designado permanente no campus central para estudantes pretos e de cor para organizarem e fazerem trabalho de justiça social”. Continued…

Posted in Comunismo, Multiculturalismo, Português, Pretismo | Negrismo.


Leftist party presents bills to punish browns who seek racial quotas for “negros”

Workers’ Party Rep. Chico D’Angelo.

The Workers’ Party (Partido dos Trabalhadores – PT, in Portuguese) is a white and “negro” party against miscegenation. It promotes the division of the Brazilian Nation in races and ethnic groups, following its globalist agenda backed by the European Union, UN and multiculturalist, neoliberal NGOs. To this end, the Marxist party created the Statute of Racial Equality, a law which imposes on the pardos (browns, Mestizos) the “negro” identity. Taking forward its policy of discrimination against Mestizos, the PT presented bills that punishes pardos seeking the benefits in the statute for “negros” and demands that pardos prove they come from blacks.

Continued…

Posted in Comunismo, Mestiçofobia | Desmestiçagem, Multiculturalismo, Pretismo | Negrismo, Racismo petista.

Tagged with .


A origem da palavra mulato

Mulato 1. Mestiço que tem ascendentes brancos e pretos. 2. Mestiço nascido de um casal formado por uma pessoa preta e uma pessoa branca. 3. Feminino: mulata. 4. Etimologia. A origem da palavra é controversa, havendo duas hipóteses mais aceitas: a árabe e a latina. Segundo a primeira, derivaria da palavra árabe muwallad, ‘mestiço’, derivada de walada, gerar, parir, seja diretamente, seja através da palavra muladi, aplicada a cristãos convertidos ao Islã durante a dominação árabe na Península Ibérica. A palavra foi inicialmente aplicada a brancos descendentes de mouros e europeus. Após a chegada dos europeus à América passou também a ser aplicada a mestiços de pretos e índios, de brancos franceses e índios, finalmente fixando seu significado a mestiços de pretos e brancos. Segundo a hipótese latina, derivaria de mulus, no sentido de híbrido, aplicado inicialmente a qualquer ser. Continued…

Posted in Português.


PT apresenta outro projeto para punir pardos que buscarem cotas raciais dos “negros”

Deputado petista Chico D’Angelo apresentou projeto de lei para intimidar pardos a fim de não concorrerem a cotas dos “negros”.

O Partidos dos Trabalhadores (PT) é um partido de brancos e “negros” contrário a mestiçagem. A legenda promove a fragmentação da Nação brasileira em raças e etnias, seguindo sua agenda globalista apoiada pela União Européia, ONU e ONGs neoliberais multiculturalistas. Com este fim, criou o Estatuto da Igualdade Racial, que impõe aos pardos (mestiços) a identidade “negra”. Levando adiante sua política de discriminação contra os mestiços, o PT apresentou mais um projeto de lei que pune os pardos que buscarem os benefícios constantes no Estatuto para os “negros” e exige que provem descender de pretos. Continued…

Posted in Comunismo, Cotas independentes para mestiços, Mestiçofobia | Desmestiçagem, Português, Pretismo | Negrismo, Racismo petista.


Projeto do PT estabelece 20% de vagas para “negros” na Câmara dos Deputados e punição para mestiços

Deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ). O PT tem uma política de eliminação do Povo Mestiço e cria leis para estimular mestiços a identificarem-se como negros.

O Projeto de Lei pretende reservar para pessoas consideradas negras 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos na Câmara dos Deputados, em cursos de pós-graduação e nos contratos de terceirização, e exige que mestiços (pardos no texto do projeto) identifiquem-se como negros, podendo sofrer punições. Continued…

Posted in Mestiçofobia | Desmestiçagem, Português, Pretismo | Negrismo, Racismo petista.

Tagged with , .


E…

Posted in Português.

Tagged with .


Embora ilegal, Centro Cultural Thiago de Mello tem nome de pessoa viva

O poeta Thiago de Mello conversa com o ex-ditador de Cuba, Fidel Castro, em uma conferência no centro de convenções de Havana, em 4 de junho de 2005. Foto: REUTERS/Claudia Daut MB/JK.

A Secretaria de Estado de Cultura do AM reinaugurou nesta quarta-feira (22) um Centro Cultural com o nome do poeta amazonense Thiago de Mello. Colocar nome de pessoa viva em bem público é proibido pela Lei Federal nº6.454, de 24/10/1977. Continued…

Posted in Português.


Vai aceitar, mestiço?

Posted in Português.

Tagged with .


O Guarani – José de Alencar

O Guarani (originalmente: O Guarany – Romance Brasileiro) é um romance escrito por José de Alencar, desenvolvido em princípio em folhetim. No dia 1 de janeiro 1857 é publicado o capítulo inicial do romance no Diário do Rio de Janeiro, para no fim desse ano, ser publicado como livro, com alterações mínimas em relação ao que fora publicado em folhetim.

Os protagonistas do romance, o índio Peri e a branca Ceci, estão entre os personagens de ficção mais conhecidos da literatura brasileira.

A obra fez de José de Alencar um autor reconhecido. Foi republicada por diversas editoras e, atualmente, encontra-se em domínio público.

Íntegra do livro aqui (pdf).

Posted in Ficção, Letras e Arte, Literatura.