Skip to content


Mestiços defendem seus direitos em conferência de segurança alimentar e nutricional

Encerrou-se ontem (20) a IV Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Manaus (CMSAN) e a II Conferência Subregional. As conferências duraram 3 dias. Embora o regimento interno da CNSAN já tivesse sido publicado no Diário Oficial do Município, esta conferência ocorreu conjuntamente com a Subregional regida por um regimento instituído no segundo dia do evento e que não continha a referência a mestiços e caboclos como no texto publicado. Não houve referência também a mestiços em outros documentos preparatórios da conferência que faziam referência explícita a indígenas, negros, quilombolas e a outros segmentos. A vereadora Lúcia Antony (PCdoB) defendeu propostas que dificultavam que a representação mestiça passasse à conferência estadual, mas ao final da conferência propostas a favor da população mestiça foram aprovadas e a representação mestiça foi eleita para a estadual. Uma moção de apoio ao estudo da cultura cabocla e contra vereadores que se posicionam contra a mesma foi aprovada. Também foi aprovada moção contra o Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas pelo fato do mesmo ter reservado apenas sete vagas de delegados para as duas conferências a despeito dos municípios participantes das mesmas corresponderem a mais de 50% da população do Amazonas.

Posted in Família Mestiça, Português.

Tagged with , .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield