Skip to content


A hora das hidrovias: estradas para o futuro do Brasil – Geraldo Luís Lino, Lorenzo Carrasco e Nilder Costa

A hora das hidrovias: estradas para o futuro do Brasil, Geraldo Luís Lino, Lorenzo Carrasco e Nilder Costa, 2008, 152 p. – R$ 35.00. ISBN: 978-85-98059-09-9.

O transporte hidroviário é o mais barato e eficiente para a movimentação de grandes cargas a longas distâncias. O Brasil, a despeito do seu território continental e de dispor de uma das maiores redes hidrográficas do mundo, tem desprezado historicamente este importante modal de transporte. Este desprezo, somado à reduzida malha ferroviária e à deterioração da malha rodoviária, implica em ineficiência, perdas de produção e um grande aumento do chamado Custo Brasil.

Felizmente, iniciativas oficiais e privadas mostram uma crescente conscientização sobre a importância do modal hidroviário no Brasil, esforço que também terá uma grande relevância para a integração física da América do Sul.

A hora das hidrovias examina as causas das contradições da matriz de transportes, as hidrovias existentes e em projeto e os obstáculos a serem superados para que o transporte hidroviário possa ser plenamente explorado em suas vastas potencialidades, possibilitando ao Brasil uma navegação segura rumo ao futuro.

Geraldo Luís Lino é geólogo, fundador e diretor do Movimento de Solidariedade Ibero-americana (MSIa). É coautor do livro Máfia Verde: ambientalismo, novo colonialismo (2005) e autor de A fraude do aquecimento global: como um fenômeno natural foi convertido numa falsa emergência mundial (2009).

Lorenzo Carrasco Bazúa é jornalista e editor-presidente da Capax Dei Editora, fundador e presidente do Movimento de Solidariedade Ibero-americana (MSIa). É organizador do livro Máfia Verde: o ambientalismo a serviço do governo mundial (2001); coautor de El complot para aniquilar a las Fuerzas Armadas y a las Naciones de Iberoamérica (1993, edição brasileira de 1996), Máfia Verde 2: ambientalismo, novo colonialismo (2005), A hora das hidrovias: estradas para o futuro do Brasil (2008) e Quem manipula os povos indígenas contra o desenvolvimento do Brasil: um olhar nos porões do Conselho Mundial de Igrejas (2013); e autor de Una mirada al mundo y a los valores que cimentan um nuevo orden mundial (2012).

Nilder Costa é engenheiro mecânico especializado na construção de usinas nucleares. Uma discussão sobre a necessidade do trasnporte hidroviário, no contexto da modernização econômica e industrialzação do interior do Brasil (inclusive a Amazônia) e da integração sul-americana. Já em 2ª edição, mais de 8.000 exemplares vendidos.

Pode ser adquirido no site: www.capaxdei.com.br

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield