Skip to content


Secretaria da Igualdade Racial destina mais de 1,2 milhão para disque denúncia

Embora denúncias sobre racismo e injúria racial possam ser realizadas nas milhares de delegacias de polícia do país, além de órgãos como os ministérios públicos estaduais e federal, os contribuintes brasileiros têm um destino a mais para seus impostos: a Secretaria Nacional de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), encarregada da política racial do Governo Federal, destinou só em 2018 mais de 1,2 milhão de reais para um disque denúncia voltado a “Pessoas Vítimas de Preconceito Racial”.

O “Disque Igualdade Racial”, que é terceirizado, foi criado pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e mantido pelo presidente Michel Temer (MDB). A informação está disponível no site do Portal da Transparência.

A SEPPIR é um órgão do Ministério dos Direitos Humanos, que possui outro disque denúncia, o Disque Direitos Humanos, que custa ao contribuinte mais de 2,9 milhões, segundo também o Portal da Transparência.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield