Skip to content


23 de maio – Dia da Independência de Portugal

Dom Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal.

A 23 de Maio de 1179, o papa Alexandre III reconhece a soberania de D. Afonso Henriques, com a bula “Manifestis Probatus”.

Neste mesmo dia em 1179 o papa Alexandre III reconhece a soberania de D. Afonso Henriques, com a bula “Manifestis Probatus”. Esta bula, datada de Roma, 23 de Maio, é a Magna Carta de Portugal como Estado de direito, livre e independente.

O papa, atendendo às qualidades de prudência, justiça e idoneidade de governo, toma D. Afonso Henriques “sob a protecção de São Pedro e a nossa”, concede e confirma por autoridade apostólica ao seu domínio o Reino de Portugal com todas as honras inerentes à realeza, bem como as terras que arrancara das mãos dos sarracenos e nas quais não podiam reivindicar direitos os vizinhos príncipes cristãos. O privilégio estende-se a todos os seus descendentes, prometendo o papa defender esta concessão com todo o seu poder supremo.”

Posted in História.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield