Skip to content


Suécia lista o leite como um símbolo de ódio


Em um relatório sobre “ódio branco” encomendado pelo governo da Suécia ao Instituto de Pesquisa de Defesa Total (em sueco Totalförsvarets forskningsinstitut – FOI, um órgão público de informação de segurança) para mapear comentários escritos em sites na internet, o leite foi listado como um símbolo de ódio e um símbolo de “poder branco” juntamente com o símbolo de OK muito usado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O objetivo declarado do relatório é “fornecer uma visão de alguns ambientes digitais cujo denominador comum é serem todos xenófobos”.

Exprimir ameaças ou palavrões é considerado um exemplo de ódio, mas expressões de ansiedade ou medo também são consideradas odiosas, de acordo com o relatório.

Trecho do relatório.

 

Segundo críticos ao governo, o relatório seria o primeiro passo para mudar a constituição do país, pois o governo sueco pretenderia proibir certos sites que revelarem a etnia de criminosos condenados e silenciar a liberdade de expressão.

A suécia é uma monarquia parlamentarista. Atualmente o primeiro-ministro é Stefan Löfven, do Partido Social-Democrata, que é filiado à Internacional Socialista. Stefan Löfven é soldador de profissão.

Com informações de Speisa.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield