Skip to content


Conferência de Assistência Social repudia Márcio Souza por não cumprir a LOMAN

Delegados da XI Conferência Municipal de Assistência Social de Manaus.

A XI Conferência Municipal de Assistência Social de Manaus aprovou moção de repúdio contra o presidente do Conselho Municipal de Cultura de Manaus, Márcio Souza, por não ter implementado a vaga do Povo Mestiço no conselho, que é assegurada pela Lei Orgânica do Município de Manaus (LOMAN). A LOMAN também reconhece o território do Manaus como do Povo Mestiço, etnia originada da mestiçagem dos índios que habitavam o atual território do município com portugueses e outros povos.

A conferência ocorreu no Campus da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), de quarta-feira, dia 19, à sexta-feira, dia 21 de setembro, quando foi aprovada a moção.  O evento foi realizado pelo Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (SEMMASDH), e teve como tema as “Garantias de Direitos no Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)”, aderido pelo município de Manaus.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield