Skip to content


Lei de Migração permite implantar xaria no Brasil

Com a sanção da Lei de Migração pelo presidente Michel Temer (PMDB-SP), passa a ser permitido que comunidades de imigrantes implantem seus costumes em bairros ou outros territórios, a exemplo do que já ocorre na Europa.

O Diário Oficial da União desta quinta-feira (25/05) publicou a Lei de Migração sancionada pelo presidente Michel Temer Lulia. Embora tenha vetado 18 artigos, de caráter estritamente administrativo, os cortes feitos pelo presidente filho de imigrantes libaneses não atingem o lado ideológico multiculturalista da lei que visa eliminar a unidade cultural e étnica brasileira.

Segundo o art. 4º da Lei de Migração, resultante de um Projeto de Lei do senador comunista Aloysio Nunes (PSDB-SP),

“Ao migrante é garantida no território nacional, em condição de igualdade com os nacionais, a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, bem como são assegurados:

“I – direitos e liberdades civis, sociais, culturais e econômicos”.

Promover a imigração sempre teve objetivos racistas e antimestiços no Brasil.

A Lei substitui o Estatuto do Estrangeiro que havia interrompido projetos de engenharia social e racial implantados no Brasil desde o fim do período colonial.

Posted in Português.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield