Skip to content


Doria faz turnê para vender São Paulo para teocracias islâmicas

Prefeito de São Paulo, João Doria, negociando no Oriente Médio.

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), está realizando uma turnê por teocracias islâmicas do Oriente Médio. Segundo o jornal Folha de São Paulo, Doria esteve nos Emirados Árabes Unidos e no Catar, dois países que adotam a xaria, a lei islâmica que criminaliza o Cristianismo. Sua viajem para o Catar teria sido paga pelo governo de Doha – o que torna o tucano passível de investigação criminal pois, se confirmado, vai contra a soberania nacional.

Vendendo São Paulo

O objetivo do tucano é vender aos teocratas muçulmanos 55 lotes em São Paulo, incluindo o autódromo de Interlagos, o Anhembi e o Ibirapuera. O aumento do poder econômico inevitavelmente implica em aumento de poder político dentro do Brasil.

Tiranetes

Em Abu Dhabi, no Emirados Árabes Unidos, uma confederação de principados governados por tiranetes, o encontro com o suserano local, segundo a versão de Veja, foi expressivo:

“Na viagem ao Oriente Médio,  João Doria fez um périplo pelos fundos soberanos. Num deles, o Adia, foi recebido pelo príncipe Hamed Bin Zayed Al Nahyan, irmão do presidente de Abu Dhabi.

“Nunca nenhuma autoridade brasileira havia estado com o tal príncipe. Dono de um fundo de 900 bilhões de dólares, ele ficou cerca de uma hora com Doria.

“Ao final, surpreso em saber do ineditismo do encontro, o prefeito perguntou por que ele o havia recebido. “Não gosto de políticos. O senhor é um gestor. Por isso, lhe recebi”. Doria saiu exultante.

Enquanto no Brasil partidos esquerdistas atacam a cultura cristã e defendem raivosamente o laicismo, nos países visitados pelo prefeito tucano, cristãos são proibidos por lei de expressarem e propagarem sua fé.

Posted in Português.

Tagged with .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield