Skip to content


Racismo negro contra mestiços na África do Sul

.

Jimmy Manyi, porta-voz do governo da África do Sul, comandado pelo Congresso Nacional Africano (CNA), em 9 de março de 2010, no programa Robinson Regstreeks, defendeu que os mestiços “devem estender-se a outras partes do país porque estão muito concentrados em Western Cape” e que “devem entender todo o país como sendo deles”. A afirmação causou polêmica por lembrar as politicas dos governos racistas brancos durante do regime do apartheid que promoviam limpezas étnicas e transferências forçadas de pretos e mestiços. Western Cape, onde a maioria da população é mestiça e branca, é a única província que não é governada pelo CNA.

Posted in Português.


One Response

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.

  1. Alexandre Sousa says

    Isso ainda vai provocar uma secessão em pelo menos na parte ocidental.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield