Skip to content


Petista João Pedro é exonerado da presidência da FUNAI

João Pedro assumiu a presidência da Funai no dia 17 de junho de 2015, após uma disputa acirrada entre parlamentares – foto: divulgação

O ex-senador pelo Amazonas, João Pedro Gonçalves da Costa (PT) foi exonerado da presidência da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), cargo que ocupava há quase um ano. A exoneração foi publicada na edição desta sexta-feira (3), do Diário Oficial da União (DOU). O presidente interino Michel Temer (PMDB) ainda não divulgou o nome de quem ocupará o cargo.

João Pedro assumiu a presidência da FUNAI no dia 17 de junho de 2015, após uma disputa acirrada entre  parlamentares, mas o ex-senador conseguiu a vaga após articulações de petistas com a presidente afastada Dilma Rousseff (PT), alegando que o novo presidente da FUNAI deveria ser da região Norte, já que aqui concentra-se o maior percentual de indígenas no país.

Durante sua gestão, João Pedro posicionou-se contra as contestações feitas pelo Movimento Pardo-Mestiço Brasileiro (Nação Mestiça) e pela Associação dos Caboclos e Ribeirinhos da Amazônia (ACRA) que visavam impedir a ampliação de antustões para índios muras nos municípios de Autazes, Careiro da Várzea e Borba e conseqüente limpeza étnica contra o Povo Mestiço local.

Com informações de Em Tempo

Posted in Apartheid no Brasil, Levistraussismo, Verwoerdismo | Indigenismo.


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield