Skip to content


Racismo e eugenia: comunistas selecionam brancos e amarelos para produzir super-homens

supermanred1

O Instituto de Genômica de Pequim (BGI, 华大基因) está coletando amostras de pessoas classificadas como geniais. O objetivo do centro de pesquisa é mapear os genes responsáveis pela inteligência. Detalhe: os pesquisadores comunistas só coletaram amostras de brancos e amarelos.

Geoffrey Miller, psicólogo evolucionista, é professor da Universidade de Nova York e um dos doadores de amostra; ele acredita que em algum tempo os genes que interessam aos pesquisadores já terão sido isolados e eles passarão à fase de aplicação prática das informações obtidas:

Qual o processo de seleção deles?

Eles parecem mais interessados em pessoas de descendência chinesa e europeia. Eles fazem o recrutamento basicamente através de conferências científicas, de boca a boca. Você tem que fornecer provas de que é tão inteligente quanto diz. É necessário enviar seu CV, suas publicações, fazer testes padronizados, falar sobre sua faculdade, esse tipo de coisas.

Como a pesquisa será aplicada?

Assim que tiverem a informação e um óvulo fertilizado dividido em algumas células, eles poderão fazer experiências com uma das células para tentar descobrir a inteligência esperada do indivíduo se o óvulo for implantado e se tornar uma pessoa.
O que isso significa em linguagem humana?
Cada casal potencial pode ter muitos óvulos fertilizados no laboratório com o esperma do pai e o óvulo da mãe. Aí você pode testar múltiplos embriões e analisar qual deles será o mais inteligente. Essa criança pertencerá a esse casal como se eles a tivessem concebido naturalmente, mas será o mais inteligente que o casal poderá produzir mesmo se tivesse 100 filhos. Não é engenharia genética ou adicionar novos genes, são os genes que o casal já tem.
E depois de várias gerações será possível multiplicar exponencialmente a inteligência da população.
Certo. Mesmo se essa criança superar uma criança normal em apenas cinco pontos de QI, isso faz uma grande diferença em termos de produtividade econômica, competitividade do país, patentes registradas, como os negócios são gerenciados e quão inovadora é a economia.

Assim que tiverem a informação e um óvulo fertilizado dividido em algumas células, eles poderão fazer experiências com uma das células para tentar descobrir a inteligência esperada do indivíduo se o óvulo for implantado e se tornar uma pessoa.

O que isso significa em linguagem humana?

Cada casal potencial pode ter muitos óvulos fertilizados no laboratório com o esperma do pai e o óvulo da mãe. Aí você pode testar múltiplos embriões e analisar qual deles será o mais inteligente. Essa criança pertencerá a esse casal como se eles a tivessem concebido naturalmente, mas será o mais inteligente que o casal poderá produzir mesmo se tivesse 100 filhos. Não é engenharia genética ou adicionar novos genes, são os genes que o casal já tem.

E depois de várias gerações será possível multiplicar exponencialmente a inteligência da população.

Certo. Mesmo se essa criança superar uma criança normal em apenas cinco pontos de QI, isso faz uma grande diferença em termos de produtividade econômica, competitividade do país, patentes registradas, como os negócios são gerenciados e quão inovadora é a economia.

Comunistas e nazistas cooperaram em estudos de eugenia entre as décadas de 1920 e 1930.

Com informações de Vice, s/d, e Gazeta do Povo, 21/03/2013.

Eugenia e racismo comunistas: União Soviética planejou criar super-homens

Posted in Comunismo, Eugenia, Nazismo, Português.

Tagged with , , .


One Response

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.

  1. homem says

    E quanto aos processos de Eugenia feitas por mesticos aqui no Brasil que desejavam arianizar a sua futura geração só se casando com brancos puros. ? O racismo dos mesticos da época era muito grande eles queriam se livrar do gene africano que consideravam inferior! A mestiçagem não era bem vista por ninguém da época nem mesmo pelos mesticos que estavam a arianizar a sua raça e duvido que os mesticos da epoca deixariam seus bisnetos se casarem com negras/amarelas… Isso serve para refletir que nem todo mundo foi bonzinho toda hora os mesticos também estão inclusos. Sou mestico mas não apoio o vitimismo desse site.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield