Skip to content


Povo mestiço defende seu direito originário à terra contra bantustões do governo brasileiro

Convidado pela Defensoria Pública do Estado do Amazonas para participar da audiência pública sobre “Demarcação de Terras Indígenas nos Municípios de Careiro, Careiro da Várzea, Autazes e Manaquiri”, o Movimento Pardo-Mestiço Brasileiro (Nação Mestiça), por meio de sua presidente, Sra. Helda Castro, reafirmou o direito originário do povo mestiço de permanecer em sua terra por ser uma etnia nativa, gerada pelos índios originais que habitavam a área. O governo federal petista, através da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), pretende ampliar territórios étnico-raciais estatais exclusivos (bantustões) para índios e realizar limpeza étnica e racial do povo mestiço. A audiência pública ocorreu no auditório do INCRA, em Manaus (AM), no dia 22/08/2013.

Posted in Apartheid no Brasil, Mestiçofobia | Desmestiçagem, Multiculturalismo, Português, Povo Mestiço, Racismo petista, Verwoerdismo | Indigenismo, Vídeos.

Tagged with , , , .


0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.

Anti-Spam by WP-SpamShield