Skip to content


Barcelos e Santa Isabel podem perder 80% de seus territórios para ONGs indigenistas

Vereadores de Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro viajaram a Brasília para debater sobre o problema com o ministro da Justiça, Torquato Jardim.

Vereadores da Câmara Municipal de Barcelos (AM) e Santa Isabel do Rio Negro (AM),  foram a Brasília para participar de reunião com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, em Brasilia (DF). Dentre os assuntos que serão tratados, o mais importante é em relação a demarcação de bantustões nos municípios do médio Rio Negro. A população sob risco de sofrer limpeza étnica pelos brancos indigenistas é formada quase em sua totalidade por mestiços descendentes dos índios originais. Continued…

Posted in Português.


Negro activists protest against racial miscegenation in Brazil

Demonstrators say that “Miscegenation is also genocide”, during the March of Negro Consciousness, on November 20, in city of São Paulo. Institutional video image of the PT.

The March of Negro Consciousness, held in the capital of State of São Paulo, on November 20, brought together negro movement activists and other leftist personalities. Out of angry slogans, drawn flags and colored banners, a yellow band (color of the Mestizo movement) carried a message pleasing to any racist white: “Miscegenation is also genocide.” The Public Prosecutor’s Office did not speak on the matter. Continued…

Posted in Português.


Um encontro entre muçulmanos pretos e nazistas nos EUA

Ao centro, o líder do Partido Nazista Americano, George Lincoln Rockwell. Acompanhado de 10 membros do partido, compareceu como convidado, em 1961, em Washington, a um grande encontro da organização islâmica preta Nação do Islã, onde assistiu a um discurso de Malcolm X.

A afirmação “Miscigenação também é genocídio” escrita numa faixa amarela carregada por ativistas de movimentos negros de esquerda no Brasil trouxe imediatamente à lembrança de muitas pessoas as manifestações de ódio à mistura racial  de movimentos supremacistas brancos. Continued…

Posted in Português.


População brasileira é formada basicamente de pardos e brancos, mostra IBGE

No Brasil, no ano passado, a população residente foi estimada em 205,5 milhões de pessoas. Em 2012, eram 198,7 milhões, uma variação de 3,4% – Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) 2016, divulgada hoje (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que, no critério de declaração de cor ou raça, a maior parte da população brasileira residente é parda: são 95,9 milhões de pessoas, representando 46,7% do total. Em 2012, início da Pnad Contínua, esse percentual era 45,3%. Continued…

Posted in Português.


Manifestantes negros protestam contra miscigenação racial em São Paulo

Manifestantes afirmam que “Miscigenação também é genocídio, durante a Marcha da Consciência Negra, no dia 20 de novembro, em São Paulo (SP)”. Imagem de vídeo institucional do PT.

A Marcha da Consciência Negra ocorrida em São Paulo (SP), no dia 20 de novembro, reuniu militantes de movimentos negros e outras personalidades de esquerda. Dentre palavras de ordem enfurecidas, bandeiras arrastadas e faixas coloridas, uma faixa amarela (cor do movimento mestiço) trazia uma mensagem agradaria qualquer racista branco: “Miscigenação também é genocídio”. O Ministério Público não se manifestou sobre o assunto. Continued…

Posted in Português.


A cultura brasileira é a cultura da mistura

Posted in Português.


Gênero é coisa de gramática, seres humanos têm sexo

Posted in Português.


A esquerda usa grupos antagônicos para criar conflitos sociais

Posted in Português.


Suécia lista o leite como um símbolo de ódio


Em um relatório sobre “ódio branco” encomendado pelo governo da Suécia ao Instituto de Pesquisa de Defesa Total (em sueco Totalförsvarets forskningsinstitut – FOI, um órgão público de informação de segurança) para mapear comentários escritos em sites na internet, o leite foi listado como um símbolo de ódio e um símbolo de “poder branco” juntamente com o símbolo de OK muito usado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Continued…

Posted in Português.


Genocídio racial estatístico

Posted in Português.


Índias foram serviçais de rainha quilombola

A Revista trimensal de historia e geographia, ou, Jornal do Instituto Historico e Geographico Brazileiro, de 1872, registra que havia um quilombo próximo ao rio Galera, no atual Estado de Mato Grosso. Era presidido por uma rainha assistida por índias e negras. A disciplina interna era rígida e os castigos efetivamente pesados: quando julgavam necessário, as autoridades mandavam enforcar, quebrar as pernas e enterrar vivos os insubordinados. Entre as faltas mais duramente punidas pelo quilombo estava a deserção.

Posted in Português.